Tempo para errar

Uma vez minha mãe me disse que o tempo que eu tinha para errar era o agora. Agora que tenho para onde voltar, agora que tenho alguém para me aconselhar, agora que ainda há tempo para remediar. Então porque ainda tenho medo de arriscar?!

Porque se apegar a uma zona de conforto tão pequena ?!

Medo caminha lado a lado com cada pessoa, algumas tem coragem de reconhece-lo e de coloca-lo no banco do passageiro. E assim, continuar dirigindo. Muitos de nós não tem essa coragem.

A questão é que temos a mania, pelo menos eu tenho, de achar que ter coragem quer dizer não ter medo. Mas coragem nada tem disso. Ter coragem é reconhecer que o medo existe, mas que não é ele que rege a sua vida.

Uma vez li um livro de Elizabeth Gilbert em que ela diz que precisamos colocar nosso medo no banco do passageiro para que ele possa viajar conosco, mas que precisamos sempre nos lembrar que quem dirige esse carro chamado vida, somos nós e não nosso medo.

Devo confessar que nunca, nada me deixou com mais medo do que pensar assim. Eu deixei meu medo me controlar e esqueci do que minha mãe me disse. Eu posso arriscar agora, eu posso tomar a decisão arriscada mesmo que ela dê errado. Se esse é o preço que preciso pagar para talvez conquistar aquilo que meu coração deseja, assim seja.

Vamos superar esse medo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s