Sobre tempo para tudo e Mania de perfeição

Durante toda a vida me disseram o quão egoísta eu era, o quão egoísta eu sou. Assim, condicionei o meu eu para colocar o próximo a frente. “They come first” se tornou meu lema de vida.

Entretanto, comecei a me cobrar de forma absurda. Eu tinha que entender todos, tinha de ser amiga, filha, irmã, mãe, companheira e tudo mais o que os outros achavam que eu deveria ser. Mas a vida não funciona assim. A cada momento percebemos que não é assim e chega dado momento em que a vida não prossegue e estagnamos de forma absurda.

Eu percebi que cuidar do próximo, de forma não permitir que ele viva e que ele sofra da maneira que deve é a coisa mais egoísta que posso fazer.

Não faço mal apenas para mim, mas para aqueles que amo também quando decido ter tempo para todos menos para mim. Colocar meus sentimentos em último lugar não me fará como São Francisco de Assis. Pelo contrário, preciso estar bem comigo para perceber que devo ajudar e não carregar as pessoas.

Você pode até dizer que faz bem se cobrar, pois assim darei o meu melhor. Mas a questão comigo não é apenas me cobrar e dar o meu melhor, é fazer e resolver tudo, inclusive aquilo que não posso mudar ou resolver. Entende?

Eu me torno uma pessoa amarga e insatisfeita com a vida quando não alcanço aquilo que almejei. Mesmo que o meu objetivo seja surreal, tenho a mania de achar que é minha obrigação alcançar tudo isso e que se eu não conseguir é porque todas as pessoas que disseram que eu não posso nada, estavam corretas.

Mas eu acho que não consigo mais. Estou cansada de batalhar por nada. De correr por nada e de chorar por coisas que não valem a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s