Resenha: The fault in our stars!

Hello….

Bem, eu e Jess fomos assistir A culpa é das estrelas no cinema ontem e devo dizer que foi maravilhoso. Assim, a Jess pediu para eu fazer a resenha do filme e do livro pois estava incapacitada de escrever sobre sem se desmanchar em lágrimas. Então, bem vindo a primeira resenha literária/cinematográfica do Sailing is Necessary!

Primeiro vamos ao livro:

Para aqueles que não sabem A culpa é das estrelas foi escrito pelo autor norte americano Jonh Green. O livro conta a história de Hazel Grace Lancaster, uma adolescente de 16 anos que foi diagnostica com um tipo raro de câncer nos pulmões quando tinha 13 anos. Em uma das reuniões do grupo de apoio que ela é obrigada a participar, ela conhece o encantador Augustus Walters, um garoto que teve câncer nas pernas. A partir daí, Hazel e Augustus entram em uma jornada para compreender melhor o sentido da vida para aqueles que estão morrendo e para entender ainda mais qual é o papel de cada um deles. Não serei mais especifica, pois tenho medo de arruinar as surpresas que o livro reserva aos seus leitores. Não acho justo estragar tudo, mas também entendo que isso restringe bastante a resenha. Porém, de qualquer forma, a resenha serve para que eu dê minha opinião sobre e posso fazer isso sem entrar em muitos detalhes da história em si.

O livro foi publicado aqui no Brasil pela editora Intríseca e é possível encontra-lo em qualquer livraria ou loja grande por aí. A diagramação dele é ótima, as paginas amareladas ajudam nossos olhos a não se esforçarem tanto dependendo da iluminação de onde você estiver e as letras são de um tamanho bom para aqueles que sofrem certos probleminhas de visão como eu (hehe). Tentei fazer alguns gifs para vocês verem o livro melhor:

The fault in our stars gir livro

E agora, o filme:

Primeiramente, que trilha sonora é essa?! Simplesmente: LINDA! Ok, vou falar do filme mesmo.
O filme conta com a participação dos atores: Shailene Woodley (Divergente), Ansel Elrgort(Divergente) e Nat Wolff (Stuck in love). O trio é espetacular, acredite, se você assistir outros filmes em que esses atores tenham participado, você verá que é espetacular ver  pessoas tão jovens atuando de forma tão impactante em uma história tão séria quanto essa.

O cenário, o figurino, a fotografia, tudo é simples, mas de forma em que faz parecer que fazemos parte de tudo aquilo. No decorrer das filmagens o autor, John Green, gravou alguns vídeos com os atores e mostrou algumas pessoas envolvidas no processo de gravação. Entre elas vimos alguns adolescentes com câncer e é ótimo saber que eles tiveram a chance de participar de algo tão legal quanto a gravação e criação de um filme.

É acho que se eu falar mais, vou acabar falando sobre todos os detalhes do filme. Então segue aí um gif bonitinho para dizer o que pensamos do filme.

tumblr_n050lcYBnT1t8zv7ho3_400

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s